jusbrasil.com.br
25 de Maio de 2019
    Adicione tópicos

    Certificados SSL dos sites de governo serão atualizados

    mais Jobs, Programador de Internet
    Publicado por mais Jobs
    há 10 meses

    Acessar um site de governo na internet e deparar-se com mensagens do tipo “esta conexão não é confiável” ou “o certificado de segurança do site não é confiável” é muito desconfortável. Esses alertas trazem uma série de dúvidas quanto a segurança da navegação e colocam em xeque a relação de confiança entre a Administração Pública e o cidadão.

    Mas, por que essas mensagens aparecem? Normalmente, isso ocorre quando o certificado de segurança do site não foi emitido por uma autoridade certificadora confiável ou, ainda, se esta autoridade certificadora não integra o repositório de confiança daquele navegador.

    O problema dos sites de governo é a versão do certificado digital da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil. O certificado brasileiro integra o repositório de confiança dos principais navegadores. No entanto, apenas a versão v2 é reconhecida pelos browsers. Preocupado com o atual cenário, o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI retomou os diálogos com os fabricantes dos sistemas operacionais mais populares de mercado e, tão logo, o certificado digital ICP-Brasil será automaticamente reconhecido independentemente de sua versão.

    Enquanto isso, o ITI e o Serviço Federal de Processamento de Dados – Serpro, que é Autoridade Certificadora da ICP-Brasil, apresentam solução ao problema das mensagens de insegurança dos sites de governo. Serão emitidos aos órgãos e entidades de Governo certificados digitais ICP-Brasil sob a cadeia v2 pela AC Serpro, uma das autorizadas a fornecer este tipo de certificado na atualidade. Assim, quando determinada página de governo for acessada na web, o internauta não mais receberá mensagens de alerta ou mesmo terá que aceitar navegar num ambiente em que não foi possível identificar a procedência.

    O ITI ressalta que a cadeia v2 possui requisitos de segurança extremamente robustos e modernos, e que a medida não traz quaisquer riscos aos sites de governo ou mesmo aos internautas.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)